Aumentar fonte

28 de set de 2009

Biscoito de chocolate com canela




 Misture o fermento com a água e reserve.
Faça uma farofa com a manteiga e os ingredientes secos. Acrescente aos poucos a água com o fermento. Faça uma bola, coloque num saco plástico e leve à geladeira por 20 minutos. Abra a massa entre dois plásticos polvilhados com farinha.

Continue lendo


CURIOSIDADE: A canela propriamente dita é uma casca macia, que aparece depois de ser retirada a primeira camada do tronco da caneleira. Esta casca é cortada em pedaços, e colocada para secar ao sol. É então que suas pontas se enrolam e formam um pequeno canudo, de onde vem o nome com que se denomina popularmente.Devido ao seu aroma forte, em 1500 a.C, uma rainha do Egito usava canela em seus perfumes. Na Idade Média era utilizada em ensopados, sopas, pudins, etc, mas atualmente , na França, é mais consumida em compotas e sobremesas, embora seja incontestável que ela concede um toque todo especial aos pratos salgados.É conhecida há mais de 2.550 anos ªC, pelos chineses.O comércio da canela era muito lucrativo, por ser a especiaria mais procurada na Europa. O monopólio deste (comércio), no século XVI pertencia aos portugueses. Quando os holandeses, em 1656 expulsaram os portugueses do Ceilão, passaram então a ter em suas mãos este monopólio, com a Companhia das Índias Orientais, passando para os ingleses, quando estes ocuparam a ilha, em 1796.Na Antiguidade, era usada pelos gregos, romanos e hebreus para aromatizar o vinho, enquanto na Índia e na China tinha fins religiosos.

Receitas mais visitadas